Centro Escolar

Classifique este item
(0 votos)

Um local de ensino deverá ultrapassar a ideia de espaço encerrado, para se adequar a um conceito de interação com a comunidade e a um conceito de espaço usufruindo para além dos horários escolares, gerando dinamismo cultural e social. Para isso é importante que o espaço arquitetónico da escola, constitua um todo homogéneo e harmonioso, onde o enquadramento paisagístico seja de integração e interação com as duas comunidade, escolar e local.

Organização Espacial/Funcional

A organização interna da escola foi desenhada de forma a possibilitar ambientes distintos e a sectorização dos espaços consoante a sua função, articulados com um núcleo de derivação central – o átrio. O núcleo correspondente às salas de aula/atividades/biblioteca é estruturado em função das necessidades de utilização/acesso a cada espaço. As salas de atividades do pré-escolar são as mais próximas da entrada principal e da sala de atividades, permitindo uma ligação direita, sem que os alunos mais novos se dispersem pelo edifício escolar. Ambas as salas comunicam com um pátio exterior, separado das restantes áreas de recreio da escola, permitindo que as atividades de interior possam ser trazidas de modo seguro e integrado para o espaço exterior. A sala de expressão plástica e a biblioteca possuem um tratamento arquitetónico próprio distinto das restantes salas de atividades, não só pela função como também pela relação com o exterior, conseguida pelo uso de amplos envidraçados, permitindo aos utilizadores uma observação da melhor paisagem, bem como a sua iluminação natural. As quatro salas de atividade do 1.º ciclo e as salas de atividades do pré-escolar, estão situadas no piso térreo e foram associadas a um pátio exterior de forma a criar um ambiente de conforto visual e de oportunidades de recreio complementares aos processos de aprendizagem. A sala polivalente/sala de refeições, mantém com os restantes espaços uma posição central hierarquizadora do espaço geral da escola. O acesso de serviço para entrada de alimentos será autónomo e direto à zona da copa, estando esta em comunicação direta com a sala de refeições. Para além das vertentes e estruturas educativas do edifício, o programa funcional considera ainda a possibilidade do polidesportivo ser utilizado pela comunidade local, havendo assim a criação de dois acessos distintos ao recinto escolar de modo a permitir a utilização deste campo fora do período escolar e ao mesmo tempo isolar as restantes áreas da escola. 

Lido 44889 vezes

Itens relacionados

Mais nesta categoria: « Passeio Natal 2014 »